25 de julho de 2019

Vacinas


Desde o nascimento dos bebês, somos direcionados para vaciná-los.
Mas afinal, o que é uma vacina? Porque demos nos vacinar?

As vacinas são preparações biológicas feitas para proteger as pessoas contra algumas doenças.
Os vírus, bactérias que causam as doenças são atenuados, mortos ou usam fragmentos num composto  que ao serem dados às pessoas elas possam adquirir anticorpos sem terem contraído a doença e assim terem seu sistema imunológico fortalecido, e no caso de encontrar a doença de verdade, ter uma memória prévia dele.

O sistema imunológico nasce "imaturo" e vai se desenvolver junto com o bebê, que a cada sujeira, bactéria, vírus, vai ficando mais forte. As vacinas ajudam neste preparo, e são importantes para que as pessoas não adquiram doenças que possam causar grandes sequelas, como a Poliomielite que pode causar paralisia total ou parcial nas pessoas.

O governo brasileiro tem um programa de vacinação gratuito que atende a população. Quando nasce, o bebê ganha uma carteira de vacinação e os pais são orientados a mantê-la atualizada.


Para quem tem alergia alimentar, precisa tomar muito cuidado, pois proteínas do leite de vaca e proteínas do ovo são utilizadas em muitas vacinas, mas como atualmente existem muitas crianças com alergia, os postos de saúde costumam ter alternativas, mas não esqueça de mencionar a alergia antes de vacinar.

Atualmente algumas antigas doenças estão voltando, ano passado foi Febre Amarela, este ano Sarampo.
Abaixo a Dra Ana Karolina Barreto Marinho, Coordenadora do Departamento Científico de Imunizações da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai) falou sobre a Vacina do SARAMPO à revista Saúde:
" Embora seja raro, componentes do imunizante podem causar reações alérgicas em indivíduos predispostos. O produto contém as seguintes substâncias potencialmente alergênicas: albumina humana, sulfato de neomicina (antibiótico), gelatina e traços de proteína do ovo de galinha. No Brasil, uma das vacinas empregadas na rede pública carrega traços de lactoalbumina (uma proteína do leite de vaca).....

.... Crianças com alergia grave ao leite de vaca (reações imediatas como anafilaxia) não devem receber a vacina tríplice viral, que contém lactoalbumina.
Pelo sim, pelo não, os alérgicos a algum componente do imunizante podem conversar com seu médico antes de irem para o posto."

 
Para ler o artigo completo:
Saúde. Abril

O grupo Alergia Alimentar Brasil também destaca :
ALÉRGICOS A LEITE:
– Vacina tríplice viral do laboratório Serum Institute – não deve ser aplicada em alérgicos a leite, devendo ser solicitada vacina de outros laboratórios (apenas para alergia IgE mediada, não mediados podem ser vacinados normalmente).


 Fontes: Dr Drauzio Varella - Ministério Saúde br

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...