20 de janeiro de 2014

Viajando com o alérgico: Cruzeio no Brasil parte 2 comida

O encanto de navegar pelos mares começa no embarque, no meu caso em Santos.
Fomos preparados com alimentação pois nos informaram que só teríamos alimentação no navio a partir das 16h, e o check in começava às 13h.
No Concais deu tudo certo, fizemos um check in e entramos no Costa Fascinosa.
Fomos fazer um tour pelo navio, mas o primeiro local a se visitar é o atendimento ao cliente, onde se deve procurar o responsável por alimentação especial, no nosso caso era a Patrícia. É ela quem informa ao Maitre do restaurante quem precisa de dieta especial.
No navio Costa Fascinosa existe uma área especial reservada no restaurante Gatto Pardo tanto no café da manhã, quanto no almoço para dietas especiais, à noite todos tem uma mesa reservada no restaurante e sempre será atendido pelo mesmo garçom.
Se perguntar à minha filha que é alérgica:
_ Qual a melhor lembrança da viajem no Costa Fascinosa?
Isa: A comida e o Sherwin!

Ser bem atendido e ter diversas opções para quem é alérgico às proteínas do leite de vaca foi o que mais nos impressionou no Costa Fascinosa.
Tudo no navio é feito em grande escala, mas mesmo assim eles conseguem das atenção necessária às pessoas com alergia e outras dificuldades alimentares.

O garçom que atendia às dietas especiais (special diet), Sr Sherwin foi muito atencioso, gentil, alegre e bem treinado, ele fez a diferença ao nos atender e apresentar todos os dias as diversas opções do vasto menu à La carte do restaurante Gatto Pardo.
Imagine que lá sempre tinha: arroz, feijão, bife, batas fritas, macarrão à bolonhesa, isca de peixe, frango frito, todos do cardápio kids e sem leite ou traços dele. Além disso sempre haviam as opções do cardápio principal como peixes, sopas, saladas, sorvete de soja, frutas.
Minha filha comeu tão bem que chegou a ganhar peso, algo não muito fácil em 6 dias.

Além do restaurante Gatto Pardo o Costa Fascinosa tem o Otto e mezzo, também a La carte, e um grande Buffet 24h que sempre mudava de opções. Para quem tem alergia não é recomendado ir ao Buffet, pois a possibilidade de ter contaminação cruzada é muito grande.
O único defeito do Gatto Pardo é que ele tem horários bem definidos de atendimento, se não estiver lá naquele horário não entra, mas os horários são fáceis de se organizar.

A nossa experiência com a comida no Navio foi maravilhosa, não tivemos nenhum escape, ou problema alérgico, e fomos felizes para fazer outras atividades...

12 de janeiro de 2014

Viajando com o alérgico: Cruzeiro no Brasil parte 1

Viajar em um Navio é mágico, temos tantas atrações, entretenimento, jantares e festas maravilhosas,
mas vamos começar a nossa jornada pela reserva e pelos preparativos.
Depois de várias pesquisas decidimos comprar com a empresa CVC um camarote no navio Costa Fascinosa da empresa Costa para passar o Natal em família.
A Costa conta com uma área dedicada à pessoas com necessidades especiais em sua dieta, como alergias alimentares, intolerâncias, e mesmo outros tipos de necessidade, mas é importante informar já na reserva do cruzeiro para que o pessoal do atendimento ao cliente do navio possa se preparar para lhe receber.
A CVC me informou que o navio poderia atender as restrições alimentares da minha filha, mas não me informou sobre o atendimento especial que eles dão.
Alias comunicação entre a Cvc e a Costa não me pareceu ser muito boa, eu pedi com antecedência informações sobre alimentos que podiam ser levados e festas temáticas no Navio e não senti segurança da parte da Cvc, talvez comprar direto com a loja da Costa seja a melhor opção.

Para se preparar para a viajem eu sugiro:
- Ler o Guia do Cruzeirista;
- Ter um plano de emergência por escrito;
- Levar receita médica dos principais remédios de urgência ( Epipen, Corticoides, antialérgicos);
- Levar uma receita justificando levar alimentos industrializados, já que não é permitido levá-los à bordo;
- Leve remédios para enjoo, nem todos se sentem bem nos dias em que o navio balança um pouco mais;
- Ter por escrito em inglês um vocabulário dos produtos que não podem ser consumidos, pois a maioria dos tripulantes não fala português apesar do naio estar no Brasil;
- Planeje como chegar à Santos.
- Leve algumas roupas mais arrumadas, no restaurante de serviço à francesa (Gatto Pardo) há 2 festas importantes, uma delas é um jantar com o capitão e todos devem se vestir formal;
- Leve casacos leves, o ar-condicionado dentro do navio é sempre forte, especialmente no restaurante e no teatro onde acontecem os espetáculos.

 Prepare- se para navegar e se divertir...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...