27 de setembro de 2011

Receita: Muffins de Legumes com leite de soja

A Knorr tem uma sopa creme de legumes que no verso vem uma receita de muffin bem gostosa, eu adaptei para os alergicos a leite e os intolerantes à lactose poderem, e ficou muito bom.
Aqui vai a receita para você fazer:

Muffins de Legumes
Ingredientes
4 colheres de sopa de margarina Becel,
2 ovos,
1 embalegem de "Creme de Legumes" Knorr,
1 xícara e meia de chá de farinha de trigo,
1 xícara de chá de leite de soja (eu dissolvo o creme de soa da batavo metade da porção água, metada da porção creme de soja),
1 lata de seleta de legumes sem o líquido,
1 colher de fermento em pó,
Forminhas de muffin ou cupcake, forminhas de papel de cupcake ou forma untada.

Preparo:
Em uma tigela, despeje a margarina, os ovos. o creme de legumes e misture até ficar homogêneo.
Junte a farinha, intercalando com o leite de soja e misture até ficar pastoso.
Acrescente o fermento e depois de misturado acrescente a seleta de legumes.
Coloque as forminhas de papel nas forminhas de cupcake e despeje a massa até um pouco mais que a metade, pois os bolinhos vão crescer.
Arrume tudo dentro de uma assadeira e leve ao forno por aproximadamente 25 minutos ou até ficarem dourados.

Ficam uma delícia servidos quentes.

19 de setembro de 2011

Imunoterapia - o que é?

A imunoterapia, também chamada de vacinação antialérgica, terapia de dessensibilização e terapia de hiposensibilização, é o único tratamento para alergia que pode diminuir a longo prazo a sensibilidade aos alérgenos.

O conceito baseia-se no mesmo princípio das imunizações para gripe ou poliomielite. Doses pequenas e controladas de um alérgeno ou alérgenos são introduzidas no corpo para que você possa desenvolver tolerância. As injeções levam ao desenvolvimento de uma resposta imune protetora através do aumento das células T supressoras e do aumento de anticorpos protetores ou "bloqueadores". Quanto mais tolerante se tornar o corpo, menos sintomas você terá.
Saiba mais lendo o artigo completo AQUI .

Anafilaxia - o que é?

Anafilaxia é uma reação alérgica grave que pode acometer o corpo todo, causando falta de ar, perda de consciência e podendo levar à morte. É uma emergência médica que requer cuidado imediato e um acompanhamento posterior com o alergista/imunologista.

A anafilaxia ocorre quando um indivíduo altamente alérgico a uma substância é exposto a esta substância. As que mais causam anafilaxia são os alimentos, medicamentos e o veneno de insetos Himenópteros (abelhas, vespas etc). Estima-se que 15% da população apresente risco de anafilaxia.

SINTOMAS DE ANAFILAXIA
Anafilaxia é uma “reação sistêmica”, o que significa que várias partes do corpo são afetadas, distantes do local de entrada do alérgeno (ex: a pele na picada dos insetos ou o estômago no caso dos alimentos) . Os sintomas variam de leves a graves e podem levar a morte. Abaixo temos uma lista de sintomas que podem ocorrer sozinhos ou associados...


Leia o artigo completo aqui.

16 de setembro de 2011

Produtos industrializados sem leite de vaca

Não é fácil encontrar produtos industrializados sem o leite de vaca.
Se eles não contém leite na fórmula, eles contém traços do leite por serem produzidos em máquinas ou com utensílios que tiveram contato com outros produtos que tem leite.
Então depois de ter levado alguns sustos, eu decidi a cada novo produto seguir os seguintes passos:
- Primeiro ligo para a fábrica para me certificar de que não há leite, ou mesmo traços,
- Então eu permito que minha filha consuma em casa, onde eu possa observar se alguma reação pode acontecer.
Se o produto passar por estas duas fazes ele então é liberado para o consumo regular.

Recentemente eu descobri alguns novos produtos, e vou indicá-los, mas sempre, antes de consumir um novo produto siga os seus passos de segurança, e tenha certeza que ele não lhe trará problemas.

A lista dos produtos:
- Biscoito de Polvilho "Biscoutos Jacarei Salgado.
Fabricante: Altha Padaria e Comercio de Alimentos Ltda. Tel: (11)3950-2008

- Bolinho Integral 40gr sabores: Castanha do Pará, 7 grãos .
Fabricante : www.suavipan.com.br

14 de agosto de 2011

Bolinho de Chuva com leite de Soja

Recentemente minha filha visitou o "Sitio do Picapau Amarelo" em Mairiporã com a escola, e lá eles tiveram uma aula com a Tia Nastácia de como fazer o Bolinho de Chuva, mas ela não pode degustá-lo, pois o mesmo continha leite de vaca.

Ainda bem que eles enviaram a receita, podendo assim adaptá-la e permitindo que ela curtisse este quitute que me faz lembrar a minha infância.

Aqui segue a receita adaptada, testada e aprovada:

Bolinho de Chuva da Tia Nastácia com leite de Soja
Ingredientes
2 ovos,
2 xícaras de farinha de trigo (bem cheias),
1/2 xícara  de creme de soja batavo dissolvido com água, ou seja 1/4 de xícara de água e 1/4 de creme de soja,
1/2 colher de fermento,
1 xícara de açúcar,
Canela misturada com açúcar para polvilhar.
Óleo vegetal para fritar.

Preparo
Em uma tigela, misture os ovos e o açúcar e mexa, coloque a farinha e continue mexendo, adicione o leite de soja aos poucos e por último adicione o fermento.
Com uma colher pegue pequenas porções e frite em óleo quente, quando dourar os retire e coloque em um prato forrado com papel toalha, deixe o óleo escorrer.
Polvilhe os bolinhos com o açúcar e a canela e os sirva quentes.

7 de agosto de 2011

Cartões de alergico

Sair com a família e os amigos para fazer refeições pode ser mais fácil se utilizarmos algumas maneiras de identificar e explicar a Alergia.

Recentemente descobri um site indicado pela Monalisa que nos ajuda a cria cartões de alergico para mostrar aos cozinheiros, ou funcionários de restaurante. A sugestão é plastificá-los e levar para toda a parte.
Veja os modelos aqui.

Outra sugestão interessante que descobri foi fazer cartões de visita com os alergenos e com detlhes sobre os traços para serem entregues. Eles ajudam aos funcionários a não esquecerem dos ingredientes que o alergico não pode, e como não contaminar o alimento que será preparado.

2 de agosto de 2011

Reposição de Vitaminas

As pessoas que tem algum tipo de restrição alimentar precisam sempre estar atentas se estão conseguindo obter as vitaminas e os minerais necessários.
No caso dos alergicos à leite de vaca, é necessário ficar atento ao calcio.
Minha filha de 6 anos há alguns anos toma a vitamina Kalyamon, que tem uma completa associação de vitaminas e calcio.
Recentemente a pediatra nos indicou Viter Kids (Calcio+D) para complementar já que o Kalyamon andava em falta, minha filha adorou já que esta vitamina é em forma de pastilhas, como as de goma, inclusive no sabor.. já viu o sucesso que ela fez!

Mas não se esqueça uma forma de obter cálcio de uma maneira saldável é comer verduras escuras, como brócolis, e outros alimentos.
Leia um pouco mais sobre calcio aqui

8 de julho de 2011

Alergico também gosta de chocolate

Quem não gosta de chocolate?
E do chocolate com wafle mais popular no Brasil chamado Bis?
Para felicidade dos alergicos ao leite de vaca a Olvebra lançou um delicioso equivalente sem leite, à base de soja:

Chocolate de Soja Choco Soy Mais
A melhor parte é que a Olvebra entrega para todo o Brasil as encomendas feitas pela internet.

25 de maio de 2011

Contato com proteínas o leite pelo ar

Final de semana passado minha filha teve uma crise alérgica.
O motivo?
O local onde nos encontrávamos, uma festa de aniversário, estavam fazendo crepe com queijos e o ambiente estava um pouco abafado.
Ela não teve contato com a comida, mas mesmo assim teve uma crise de asma aguda, típica reação dela às proteinas do leite.
Ao consultar a Alergologista-Imunologista, ela declarou que é possível desencadear reações alérgicas atravéz da inalação das proteínas do leite...
Portanto, pra mim, não basta só ler os rótulos, evitar o leite, ou os traços dele, mas tenho também de evitar locais pouco ventilados onde se processe produtos com as proteínas do leite, tipo lanchonetes, padarias, etc.

22 de maio de 2011

Texto sobre alergia ao Leite de Vaca

Encontrei um texto interessante que explica mais sobre a Alergia ao leite de Vaca.

A alergia à proteína do leite é a de maior prevalência dentre as que são registradas no Brasil.
As proteínas são cadeias curtas ou longas de aminoácidos unidos por ligações peptídicas. A alergia alimentar ao leite de vaca é uma entidade clínica resultante da sensibilização (irritação) das vilosidades intestinais de um indivíduo a uma ou mais proteínas do leite como a beta-lactoglobulina, a caseína, a globulina sérica e a albumina sérica.
Os sintomas mais freqüentes manifestam-se no trato gastrointestinal, trato respiratório e pele. As manifestações clínicas incluem prurido nos lábios, língua ou palato, lacrimejamento, diarréia, náusea, dor abdominal, angiodema, bronco espasmo e constipação intestinal. O diagnóstico consiste em eliminar o leite de vaca e também todos os seus derivados da dieta do indivíduo. Se os sintomas inicias cessarem está devidamente constatado o caso de alergia ao mesmo. É importante não ingerir leite e seus derivados quando apresentar esta alergia, estar atento quanto à composição dos alimentos industrializados, verificando sempre o rótulo antes do consumo.
Alimentos que devem ser evitados:
1)Leite de vaca
2)Margarina, Manteiga
3)Queijos em geral
4)Iogurtes em geral
5)Chocolate, Achocolatado, Creme de leite, Leite condensado
6)Sorvetes
7)Sopas prontas/ instantâneas cremosas, patês (pode conter caseína)
8)Salsichas (pode conter proteínas do leite) entre outros
Muita atenção para a leitura de rótulos e verificação da presença de leite e derivados na composição dos alimentos. 


Fonte: Tolerando a intolerancia

Pudim de leite de Coco

Encontrei uma nova receita de Pudim, que vou testar esta semana.

Segue ela aqui

Pudim de leite de coco sem lactose
Ingredientes:
6 ovos
2 vidros de leite de côco (400 ml)
2 xícaras de açúcar
1 pitada de sal
Modo de Preparar: Bata tudo no liquidificador (coe as gemas para tirar a pele), despeje numa forma de pudim pequena (cerca de 20 cm de diâmetro), caramelada e asse em banho-maria por uma hora, em forno médio. Desenforme depois de gelado (esquente alguns segundos na trempe do fogão para amolecer a calda).


fonte: Tolerando as intolerancias

21 de maio de 2011

Intolerância à lactose

----->> O que é?

É uma disfunção no organismo que impede a disgestão da lactose.

A lactose é um tipo de glicídio (açúcar) que existe no leite e nos seus derivados. A intolerância à lactose é a incapacidade do organismo em digerir a lactose provocada pela ausência ou mau funcionamento da enzima lactase que se encontra ou não no intestino.

Quando a lactase não recebe a lactose para digeri-la ela se acumula na flora intestinal para que essa a fermente. Quando a flora intestinal inicia a digestão da lactose produz ácidos e gases orgânicos que acabam provocando acidez de ph 6,0, barulhos no abdômen, diarréia, cólicas, náuseas, vômitos, ardência anal, retenção de água no intestino.

A intolerância pode acontecer por causa da deficiência ontogenética da lactose como dito anteriormente, pela diminuição enzimática que ocorre no primeiro ano de vida, quando existem casos de diarréia prolongada que destrói as células da mucosa intestinal e ainda por deficiência congênita que ocorre por defeitos genéticos que impedem o organismo de produzir a lactase.

Na fase inicial da vida de um bebê, pode-se controlar a intolerância a partir da exclusão do leite e seus derivados que contenham lactose. Já as crianças maiores e os adultos, além de ingerir leite e derivados sem lactose diariamente, podem ingerir em baixas quantidades e em dias alternados.

fonte:tudosobrealergia

3 de abril de 2011

Novo leite de Vaca transgênica

Na China fizeram uma modificação genêtica em vacas que passaram a produzir leite com genes humanos, e segundo os pesquisadores este leite "humanizado" é de mais fácil digestão.

Na reportagem não falam sobre alergia ao leite, mas sobre digestão, o que me faz acreditar que o leite tenha um teor de lactose menor.
As pesquisas ainda são recentes, mas quem sabe no futuro seja mais uma opção para quem tem problemas com o leite de vaca tradicional.
Leia a reportagem completa aqui

7 de março de 2011

Olhando rótulos

Ler rótulos de alimentos é uma das tarefas mais constantes de quem tem alergia à Leite de Vaca.
Eu até ando com uma lupa dentro da minha bolsa para ler as miúdas letrinhas de rótulos.
Mas o mais complicado é saber o que procurar no rótulo para evitar o leite já que muitas vezes o ingrediente não está descriminado como "leite de vaca", então eu vou citar os ingredientes que o Instituto Girassol recomenda ser excluído:
- Leite (in natura, condensado, em pó, evaporado, achocolatado, maltado, fermentado);
- Leite de cabra (a proteína do leite de cabra é semelhante ao leite de vaca.), queijo, coalhada, iorgute, creme azedo, creme de leite, chantilly, manteiga, margarina, farinha láctea, chocolate ao leite, salame com leite; aroma ou sabor queijo, manteiga, leite condensado;
- Caseína, caseínato, lactoalbumina, lactoglobulina, lactulose, lactose, proteínas do soro, proteínas de leite e soro de leite;
- sabor caramelo, creme da Bavária, creme de coco.

4 de março de 2011

Páscoa feliz para os alergicos à leite de vaca

Alérgico também gosta de ovos de Páscoa.

Graças à Olvebra é possível realizar o sonho dos alérgicos sem muito trabalho, eles tem ovos lindos e saborosos, e este ano eles também lançaram coelhinhos de chocolate para a Páscoa ser mais feliz ainda.

Agora só falta eles colocarem brinquedos dentro dos ovos para satisfazer as crianças... um dia eles chegam lá.

12 de fevereiro de 2011

Volta às aulas

Todo início das aulas é a mesma coisa, eu preciso de uma reunião com a professora para explicar o que a minha filha tem, o que tem de ser feito para evitar problemas e o que tem de ser feito caso ocorra algum acidente e ela entre em contato com proteínas do leite.
Então para facilitar a minha vida eu criei um folheto com as informações que eu entrego para a professora, e quando a minha filha tem algum passeio eu coloco num plastico destes de eventos e penduro nno pescoço dela.

Neste folheto não pode faltar as reações que ela costuma ter e um telefone para contato, vou postar aqui uma amostra:
Nome completo da criança

Minha filha tem alergia às proteinas do Leite de Vaca, portanto não pode consumir ou tocar em Leite,  todos os seus derivados ou produtos que contenham traços deles. (Ex. biscoitos, queijo, iorgute, manteiga, margarinas exceto Becel, creme de leite, pão, bolos com leite, achocolatados, etc.)

As reações são diversas, mas pode ser notado facilmente uma vermelhidão na sua pele e coçeira quando entra em contato com a proteína.
Se ingerido ela geralmente começa a tossir e evolui para asma aguda e parada respiratória, também tem coceira intessa no corpo todo.
Outras reações identificadas são: nausea, vômito, tosse, bronquite, febre, otite e faringite.

A forma de melhorar no caso de contato na pele é lavar o local com água e sabão.
Se ela ingerir leite e tiver problemas respiratórios precisa ser levada ao pronto Socorro urgentemente, sua evolução de falta respiratória é muito rápida.
Por favor informem na agenda caso ela tenha contato ou ingira algum alimento que contenha ou traços de leite.

 

Agradeço a especial atenção.

Ana Domingues... tel...

Site dedicado aos alergicos ao leite de vaca

Hoje pesquisando para ver se haviam novidades sobre a doença encontrei um website homonimo ao meu blogg dedicado aos alérgicos.
Vale a pena a visita

Carta aos Parlamentares - Abaixo Assinado.Org

Carta aos Parlamentares - Abaixo Assinado.Org

Vamos ajudar a mudar os rótulos!

6 de janeiro de 2011

Faturando

Vamos faturar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...